466364402

Foto: Getty imagem

A história foi escrita. E foi do jeito que Rafael dos Anjos se acostumou na maioria de suas lutas. Chegou como azarão e saiu com o braço erguido. Dominar um atleta do calibre de Anthony Pettis é tarefa para poucos, e o niteroiense foi soberano durante os 25 minutos de combate, saindo vitorioso por decisão unânime (triplo 50-45), na luta principal do UFC 185, em Dallas (EUA), no American Airlines Center. Foi uma aula de MMA do peso-leve, que se tornou o primeiro lutador que não nasceu nos Estados Unidos a alcançar o topo da divisão até 70kg.

Fonte: G1