O Ministério Público Estadual (MPE) ajuizou Ação Civil Pública contra o servidor público Arlon Palmeira Vieira, da Fundação Unirg, localizada em Gurupi, por ter recebido salário sem trabalhar durante quase seis anos, de 2006 a 2012. O então chefe de Recursos Humanos da Unirg, Fábio