O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria 3ª Promotoria de Justiça de Paraíso do Tocantins, expediu recomendação a todos os Conselhos Tutelares do município orientando no sentido de se absterem de encaminhar adolescentes que praticaram ato infracional aos seus pais ou responsáveis, uma